domingo, 5 de agosto de 2007

Sacolas Vai-e-Vem

Ando meio devagar em minhas postagens. Antes por conta das férias de julho, agora por estar sem meu computador, que foi para o conserto . Não me considero uma viciada nesta máquina, mas que ele faz falta, isso faz! Espero tê-lo de volta ainda nesta e então poderei atualizar o Libélulas como ele merece.

Minha amiga L. é dona de uma loja de produtos orgânicos, o Rancho Orgânico, aqui em Pira. Ela é daquelas pessoas adminráveis que não se limita ao óbvio e vai muito além dentro do que faz. Desta vez, ela iniciou uma campanha para substituição das "in-cômodas" sacolinhas plásticas (cômodas para algums pessoas, incômodas para o meio ambiente), e para isso mandou fazer uma bela sacola "vai-e-vem" em algodão cru, bem reforçada e que sustenta até 30kg, e as vende em sua loja pela metade do preço de custo, ou seja, ela está financiando 50% da idéia. Eu já tenho a minha e, para ser sincera, acho muito mais charmoso sair com ela por aí do que carregando aquelas pobres sacolinhas pásticas. Infelizmente muita gente ainda não se conscientizou da importância destas pequenas mudanças em seus hábitos no dia a dia, e resistem a elas, muitas vezes não por falta de conhecimento, mas sim por comodismo e preferirem uma atitude de alienação diante das questões que vivemos hoje.

De minha parte, resolvi colaborar com a iniciativa de L. pesquisar modelos de sacolas vai-e-vem, sempre que possível, com moldes ou indicações de onde comprá-las e divulgá-las mais aqui e nos cursos que ofereço. Além, é claro, de desfilar feliz com a minha por aí.

E, com a foto da sacola do Rancho Orgânico, deixo aqui registrado meus agradecimentos a minha querida amiga L. pela grande inciativa!